Aniversariando...

 

 

Aniversariando....


Nunca fui de fazer alarde de meu aniversário. Sempre fui de passá-los na intimidade do lar, com familiares e apenas poucos amigos mais íntimos que por alguma razão ficaram sabendo da data.

Pode parecer piegas, mas sou daquelas pessoas que se encabulam com manifestações efusivas de amizade.

Mas claro que considero aniversários uma data não só importante como também especial.

E por ser assim especial é que quero compartilhar com vocês a alegria de ter vencido mais essa etapa da vida. Mais um ano de vida que foi não só de realizações e conquistas como também de surpresas e decepções.

Mas a vida é assim. Por vezes nos surpreende, nos derruba . Nos põe contra a parede obrigando-nos a uma freada brusca . A vida não se constrói só de coisas boas, sempre digo.

E aqui nesse espaço eu dividi com vocês muito dessas alegrias e eventuais tristezas .

Palavras carinhosas de estímulo e otimismo, vindas de muitos de vocês, me exortaram a levantar, a não me deixar abater. De maneira afável e gentil me convidaram a continuar a caminhada colocando na fé e na esperança todo o empenho por um dia melhor que certamente viria.

Sentimentos esses que encontrei nas palavras deixadas nos comentários ou subtendidas nas entrelinhas. Forças que busquei em cada texto que li de cada um de vocês, meus queridos leitores. Em cada texto sempre encontrava algo estimulante em que me apegar. De cada texto sempre era possível extrair uma mensagem de força, coragem, determinação, esperança....

Neste meu aniversário eu apenas não estou acrescentando mais um ano à minha vida. Mas também uma grande soma de lembranças boas, amizades conquistadas e fortalecidas, sorrisos concretizados ou imaginados . E também uma vontade enorme de vencer, lançar-me a outras conquistas, continuar aprendendendo, errando, caindo e levantando....

Não é o peso dos anos que conta. Mas a intensidade daquilo que vivemos, de tudo que conquistamos, das alegrias partilhadas e também o acúmulo de experiências.

Aniversariando hoje, caminho altiva para uma nova etapa de vida. E consciente de que cada etapa foi vivida na sua íntegra . Houve alegria..houve tristeza...houve lágrimas... mas também houve amor, houve solidariedade. Houve a certeza de mãos dadas se apoiando , procurando retomar a caminhada.

O único jeito de aprender o que a vida tem para nos ensinar é saber de cada etapa tirar o seu aprendizado. É ir somando passos e acrescentando experiências que ajudem na construção do amanhã.

É saber saborear a vida, seja ela de alegrias ou dissabores...